Projeto DAVID avança na criação e promoção do ambiente digital na região

Em setembro deste ano o projeto DAVID formalizou a parceria com a EMBRAPII, empresa que auxilia no desenvolvimento de tecnologia e projetos e que agora caminha juntamente conosco rumo ao desenvolvimento deste, em uma interação que envolve as entidades FVJ, IVJ, Antelo, IFCE e Sebrae.
27 de dezembro de 2017

 

Em setembro deste ano o projeto DAVID formalizou a parceria com a EMBRAPII, empresa que auxilia no desenvolvimento de tecnologia e projetos e que agora caminha juntamente conosco rumo ao desenvolvimento deste, em uma interação que envolve as entidades FVJ, IVJ, Antelo, IFCE e Sebrae. O DAVID desenvolve, o IFCE entra como parceiro e o EMBRAPII entra como meio financiador, bem como o Sebrae.

Atualmente o Projeto está com uma equipe já trabalhando tanto no IFCE quanto aqui dentro da FVJ. Essa equipe é composta por 17 participantes, 6 membros da faculdade e 11 pessoas do IFCE, entre professores e alunos que são bolsistas dentro do projeto. “Esse projeto vai ter duração de 12 meses, já estamos no terceiro mês, onde atualmente estamos evoluindo nas ferramentas de software e também na parte de hardware. As frentes de trabalho já estão em andamento. Nos reunimos semanalmente com as equipes para alinharmos as demandas, cada equipe trabalha individualmente e em alguns momentos de forma conjunta”, explica Jeziel Lins, Coordenador do Núcleo de Tecnologia da Informação da FVJ.

Dentro do cronograma há as macro entregas e a primeira já foi realizada agora em dezembro, que é o planejamento do projeto. “Nesse momento estamos finalizando a segunda macro entrega que é a modelagem do banco de dados e arquiteturas de hardware possíveis para essa aplicação, todos os detalhes, com alguns testes para que possamos fazer o segundo entregável agora no mês de janeiro”, complementou o coordenador.

Sobre o Teach Touch 2.0, ferramenta oriunda do David e com a qual eles estão trabalhando, Jeziel elenca: “Tem como inovação a questão da automação da frequência, onde o professor não precisa fazer a chamada oral dos alunos, ele simplesmente irá entrar na sala de aula e registrar a frequência dele no equipamento utilizando um crachá equipado com uma TAG RFID e os alunos também de forma individual irão registrar suas frequências. Além dessa inovação, teremos também a implantação de metodologia ativas dentro do ambiente, iremos conseguir gameficar a aula, criando dinâmicas, utilizando a tecnologia, games, jogos de competição interna, sala de aula invertidas e etc. É um produto de software com tecnologia da FVJ que vai ser comercializado para qualquer instituição de ensino. É importante que ao final do projeto tenhamos um produto comercializável gerando assim resultados para nossas região”, finalizou ele. 

NAP sob nova direção: Márcia Skibick assume coordenação do núcleo Professora e Doutora em Psicologia, Márcia Skibick Araújo possui vasta experiência acadêmica e de gestão.
8 de abril de 2021
Pós FVJ dá início ao curso de Especialização em Farmácia Clínica e Hospitalar Aula inaugural foi realizada no último sábado, dia 27 de março
1 de abril de 2021
Matrículas abertas: curso de Especialização em Educação Infantil e Alfabetização “A Educação Infantil é uma etapa fundamental do desenvolvimento escolar das crianças. Ao democratizar o acesso à cultura escrita, ela contribui para minimiza...
12 de março de 2021