Comissão Própria de Avaliação – CPA

A Comissão Própria de Avaliação – CPA é composta por representantes de todos os segmentos da comunidade acadêmica responsável por implementar os processos de autoavaliação na instituição.

A Comissão Própria de Avaliação – CPA é composta por representantes de todos os segmentos da comunidade acadêmica responsável por implementar os processos de autoavaliação na instituição. No âmbito da Educação Superior, essas comissões foram instituídas pelo SINAES – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior que estabelece os mecanismos de avaliação das Instituições de Ensino Superior, que é composto pela:

Avaliação Externa – realizada por consultores do Ministério da Educação (MEC).

Autoavaliação – Implementada pela CPA de cada Instituição.

Enade – Exame Nacional de Desempenho do Estudante – realizado pelos estudantes de graduação no início e no final do curso.

A atual comissão da Faculdade do Vale do Jaguaribe foi instituída por meio da portaria 05/2014 de 01 de Fevereiro de 2014, e conta com a participação de professores, estudantes, colaboradores e representantes da comunidade.

A autoavaliação é um processo cíclico de diagnóstico acerca do desempenho da IES. Visa o reconhecimento e identificação de seus pontos fortes, fragilidades e potencialidades. Busca analisar os serviços prestados aos seus diversos públicos interessados, visando a melhoria contínua da Instituição. É implementada por meio de metodologias e instrumentos de pesquisa e conta com a participação de toda a comunidade acadêmica.

A avaliação engloba dimensões como ensino, produção acadêmica, extensão e gestão universitária, e seus índices são expressos quantitativa e qualitativamente.
As dimensões avaliadas são:

  1. Missão, Plano de Desenvolvimento Institucional.
  2. Políticas para o Ensino, a Pesquisa, a Pós-Graduação, a Extensão.
  3. Responsabilidade Social da instituição, considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social e ao desenvolvimento econômico e social.
  4. Comunicação com a sociedade.
  5. Políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente e corpo técnico-administrativo e as condições de trabalho.
  6. Organização e gestão da instituição.
  7. Infraestrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação.
  8. Planejamento e avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da auto-avaliação institucional.
  9. Políticas de atendimento aos estudantes.
  10. Sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.

Presidente: Silvio Ramos Evangelista

Vice-presidente: Eleizio Gomes de Queiroz Neto

Repr. Docente: Márcio de Oliveira Mota

Repr. Docente: Albano Oliveira Nunes

Repr. Tec. Adm.: Luiz Stephany Filho

Repr. Tec. Adm.: Alcir Correia de Lima

Repr. Corpo Discente: Caio Emerson Aguiar Gurgel
Repr. Corpo Discente: Rômulo de Castro Teixeira Rocha
Repr. Comunidade: Djavan da Silva Fernandes
Repr. Comunidade: Abelardo Cavalcante Porto