Projeto de Extensão Caminhos da Profissão

Aconteceu no último dia 27 a formação dos Tutores do Projeto Ensinando para Aprender: Caminhos da Profissão. O Projeto é desenvolvido pela Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ por intermédio dos cursos de Letras e Pedagogia e surgiu com o duplo objetivo de aproximar a academia à sociedade. Saiba mais.
3 de abril de 2018

 

Aconteceu no último dia 27 a formação dos Tutores do Projeto Ensinando para Aprender: Caminhos da Profissão. O Projeto é desenvolvido pela Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ por intermédio dos cursos de Letras e Pedagogia e surgiu com o duplo objetivo de aproximar a academia à sociedade, ou seja, contribuir na formação dos futuros profissionais dos cursos de licenciatura, inserindo os acadêmicos, especificamente de Letras e de Pedagogia, na instituição da rede pública de educação básica, estimulando o uso de metodologias de ensino e práticas docentes. Além disso, desenvolver habilidades relativas à leitura, à escrita e ao raciocínio lógico com alunos do Ensino Médio de uma escola em tempo integral.

O projeto iniciou em 2012 com o formato de monitoria, com o objetivo de realizar atividades voltadas para o nivelamento de conteúdos referentes ao Ensino Fundamental no que se refere ao letramento e numeramento com os alunos dos 1º anos da E.E.E.P. Elsa Mª Porto Costa Lima, em um total de 160 alunos. Em 2013, o projeto passa a ser em formato de tutoria, com o intuito de fortalecer a capacidade dos alunos dos 3º anos da mesma instituição desenvolverem as habilidades relativas à escrita, especificamente as produções de texto tendo como matriz de referência o ENEM, em um total de 135 alunos.

Entre os anos de 2014 a 2017, o projeto atendeu os alunos do 2º e 3º anos da escola pública de tempo integral que atualmente dispõem de quatro cursos técnicos: Administração, Enfermagem, Hospedagem e Informática, com aproximadamente 280 alunos atendidos. Além de inserir os acadêmicos dos cursos de licenciatura no universo da rede pública de educação básica, envolvendo-os na correção de textos e fazer com que o aluno do Ensino Médio desenvolva sua capacidade de leitor crítico, com todas as habilidades de um leitor/escritor, o projeto propõe ao acadêmico/tutor participar das atividades e encontros formativos definidos e promovidos pela comissão organizadora do Projeto, o exercício de manter atitudes de solidariedade e respeito com a comunidade escolar envolvida e atuar de forma responsável e ética em relação à produção escrita dos discentes, corrigindo os textos dos educandos e sendo coerente com o modelo estabelecido pelo Enem e, por fim, adotar uma postura de constante estudo das teorias da linguagem e escrita com o intuito de melhor orientar a correção do texto.

A seleção dos tutores é sempre realizada pela Faculdade do Vale do Jaguaribe, mediante publicação de Edital, no qual um dos critérios para a inscrição do graduando consiste em estar cursando, no mínimo, o 3º período do Curso de Letras e/ou Pedagogia e/ou ser aluno egresso. Os tutores corrigem semanalmente as redações elaboradas pelos alunos na folha específica para a produção do texto, que são encaminhadas pela professora coordenadora do projeto e distribuídas aos respectivos tutores. É importante destacar que as redações produzidas são realizadas em sala, durante as aulas de Língua Portuguesa, com a orientação e o acompanhamento da professora da E.E.E.P. Professora Elsa Maria Porto Costa Lima, nas aulas destinadas ao Projeto Interdisciplinar (PI), disciplina da Matriz Curricular da escola. O tutor não possui vínculo presencial com o aluno atendido, como sugere a correção do próprio Enem, garantindo assim a imparcialidade durante o processo de correção, que sempre se inicia no início do semestre do ano letivo e encerra-se no mês de outubro, dias antes da aplicação do Exame Nacional, totalizando 200h de certificação ao tutor envolvido em todo o projeto.

Dando continuidade ao 6º ano de atuação, em 2018, o Projeto Ensinando para Aprender: Caminhos da Profissão disponibilizou 25 vagas, não remuneradas, para tutores do Projeto na Escola Profissional de Aracati, distribuídos nos quatro cursos ofertados pela escola nos 3º anos do Ensino Médio, um total de 134 alunos. É importante salientar que atualmente o projeto mantém em seu quadro de tutores: alunos dos cursos de Letras e Pedagogia da FVJ, alunos egressos e professores das duas instituições envolvidas, que optaram por seguir o trabalho voluntário de correção de textos e continuar o aperfeiçoamento de corretores.

Sendo assim, o Projeto Ensinando para Aprender: Caminhos da Profissão cumpre em 06 (seis) anos de existência um papel de suma importância na academia: fortalecer a teoria e a prática, aliadas à pesquisa, com o intuito de preparar os acadêmicos para o mundo do trabalho e os desafios da profissão, especificamente a avaliação de textos escritos, porque avaliar pode ser entendido como um movimento que mobiliza os sujeitos do processo, ou seja, aquele que avalia e o sujeito avaliado, permitindo-os exercerem papéis determinantes, ainda que diferenciados no processo de aprendizagem.

Assim, desejamos vida longa ao Projeto Ensinando para Aprender: Caminhos da Profissão. Avante!

NAP sob nova direção: Márcia Skibick assume coordenação do núcleo Professora e Doutora em Psicologia, Márcia Skibick Araújo possui vasta experiência acadêmica e de gestão.
8 de abril de 2021
Pós FVJ dá início ao curso de Especialização em Farmácia Clínica e Hospitalar Aula inaugural foi realizada no último sábado, dia 27 de março
1 de abril de 2021
Matrículas abertas: curso de Especialização em Educação Infantil e Alfabetização “A Educação Infantil é uma etapa fundamental do desenvolvimento escolar das crianças. Ao democratizar o acesso à cultura escrita, ela contribui para minimiza...
12 de março de 2021